Bate-papo sobre coproduções regionais encerra programação de 6ª feira no Espaço Be Brasil

O espaço Be Brasil do Rio2C|RioContentMarket encerrou as atividades nesta edição do evento, na tarde desta sexta-feira (6), com o debate “As oportunidades das coproduções regionais”. Participaram do debate Wolney Oliveira, diretor da Bucanero Filmes e representante estadual do Ceará na BRAVI; Beto Rodrigues, sócio-diretor da Panda Filmes e representante estadual do Rio Grande do Sul na BRAVI; e Sylvia Abreu, proprietária da Truq e representante estadual da Bahia na BRAVI. A moderação ficou a cargo de Georgia Costa Araujo, produtora e sócia-diretora da Coração da Selva, e conselheira federal da BRAVI.

O quarteto dividiu com o público suas experiências relacionadas às parcerias com empresas nacionais e estrangeiras, apontando oportunidades e desafios para a realização de obras em regime de coprodução.

Entre as vantagens apontadas, estão as parcerias estabelecidas entre produtoras e profissionais de várias partes do país, com um forte intercâmbio de know how, segundo Sylvia Abreu. O trabalho da BRAVI de estímulo ao desenvolvimento das empresas e dos mercados regionais foi definido por Wolney Oliveira como “fundamental”, embora ainda perceba as coproduções entre regiões no Brasil muito tímidas. Mesmo assim, há produtoras, como a Panda Filmes, de Beto Rodrigues, e a Truq, de Georgia Costa Araujo, cujas carteiras de projetos são majoritariamente formada por coproduções.

 

Categorias: Eventos Notícias.

Notícias relacionadas