Para entrar em coprodução, canal ZDF precisa enxergar apelo para a sociedade alemã

Kristina Hollstein, diretora de aquisições e coprodução de documentários da ZDF Enterprises, da Alemanha, esteve no RioContentMarket falando sobre a linha editorial do canal e as possibilidades de coprodução. Para a executiva, algumas coisas são importantes para a coprodução, a temática atraente para os alemães é uma delas. “Tem que ter apelo para a audiência alemã”, ressalta.

Outros pontos importantes são o tempo de produção e o pensamento de uma estratégia multimídia, que englobe também as mídias digitais do canal como o YouTube e o Facebook. “Não temos coprodução com o Brasil, fazemos muitas coisas com a Austrália e o Canadá porque eles têm tratados com a Alemanha e fundos mais fáceis de acessar”, disse a executiva. 

Categorias: Eventos Notícias Riocontentmarket.

Notícias relacionadas