BRAVI apresenta a composição da CHAPA inscrita para o Conselho federal e fiscal para o triênio 2019/2022; eleição terá chapa única

Conforme previsto no edital de convocação da assembleia geral ordinária e extraordinária da BRAVI, um único pedido de inscrição de chapa foi efetuado para concorrer ao processo de eleição para o Conselho federal e fiscal da Associação Brasileira de Produtoras Independentes de Televisão.

O pedido de inscrição foi efetuado dentro do prazo legal, e o envelope lacrado foi aberto no dia 13 de março de 2019, no endereço da filial da associação, na Al. Santos, 1773, sala. 1207, na cidade de são Paulo, pela advogada Ana Carolina B. Moraes Negrão, do escritório Cesnik, Quintino & Salinas Advogados.

A chapa apresentou a seguinte proposição:

“Se nos últimos anos tivemos muitos avanços, o momento atual exige permanente atenção e atuação diante de tantas incertezas sobre a continuidade dos avanços alcançados.

Apesar dessas conquistas vivemos um turbulento momento político e econômico no País e todos precisamos estar atentos no monitoramento de ações dos Três Poderes da União – Executivo, Legislativo e Judiciário – assim como das esferas estaduais e municipais – que possam vir a impactar o setor audiovisual sobretudo à produção independente. Há muito que avançar e a BRAVI buscará mecanismos e ferramentas eficazes para fortalecer a atuação do produtor independente brasileiro.

A BRAVI ao longo de seus 20 anos, a serem completados em 1o de junho próximo, vem protagonizando uma série de ações institucionais e mercadológicas que impulsionaram ainda mais o setor. Do debate à construção por mais de uma década e até a promulgação da Lei 12.485 do SEAC, o mercado audiovisual brasileiro cresceu em escala geométrica trazendo resultados inéditos em quantidade e qualidade para todos os agentes da cadeia produtiva do audiovisual; atingindo parcela significativa da sociedade brasileira, numa inclusão audiovisual sem precedentes em nosso país.

Mas os desafios, que antes eram de firmar presença da produção independente nos canais de tv por assinatura e em TV aberta, agora são ainda maiores com a evolução sem precedentes de novas formas de distribuição por streaming e pelas plataformas de vídeo por demanda, em nova e constante revolução tecnológica de difusão do audiovisual e entretenimento.

Some-se a essa atuação, a atuação do Brazilian TV Producers em parceria estratégica com a APEX Brasil desde 2004; e o Rio2C/RioContentMarket que chegará este ano à sua nova edição (sete edições do RCM e a segunda este ano do Rio2C) e já integrado, definitivamente, ao calendário dos principais eventos internacionais do mercado. É, reconhecidamente, o maior encontro de agentes do setor audiovisual na América Latina, resultado em um número impressionante de reuniões de negócios para os produtores independentes brasileiros.

A BRAVI, cada vez mais e de forma significativa vem apoiando e conferindo ainda maior valor aos eventos regionais do setor como forma de ampliar as oportunidades de mercado, capacitar e buscar a isonomia de informações para todas as regiões do Brasil. Novos eventos regionais se somaram ao longo do último ano em ações pioneiras em conjunto com a Associação.

Ainda de forma pioneira, a BRAVI criou as representações estaduais, que configuraram uma capilaridade e multiplicidade de atuação ao somar-se às diretrizes do Conselho Federal da Entidade.

Hoje, a Associação representa mais de 660 empresas associadas, presentes em 21 Unidades da Federação, em todas as regiões do país. Na Assembleia Geral de 2016 foi aprovado o novo Estatuto com uma nova composição para o Conselho Federal da BRAVI ampliando a representação de 09 para 16 membros, sendo 09 titulares e 07 suplentes; além de 03 membros efetivos para o Conselho Fiscal.

Esta nova CHAPA para o triênio 2019/2022 traz uma formação composta com relevante participação de conselheiros de outras unidades da Federação e maior participação feminina com conselheiras representativas da produção audiovisual independente.

Tais mudanças se fizeram necessárias com o intuito de estreitar e integrar a atuação da  BRAVI com outras entidades parceiras como CONNE, FAMES, SICAV e SIAESP, em busca de uma maior eficiência profissional e melhor representação política, ampliando a participação dos associados e também possibilitando a renovação.

A Chapa PRODUTORAS INDEPENDENTES BRASILEIRAS, em conformidade com o novo Estatuto da Entidade, está confiante que esta nova configuração trará ainda mais resultados para a Associação, ampliando sua atuação. E apresenta aqui, nas bases estatutárias, a composição completa para os Conselhos Federal e Fiscal”.

Clique nos links abaixo para mais informações:

– Conheça a chapa completa https://goo.gl/6tDba6

– Veja o edital de convocação da assembleia, com data, horário e local

http://bravi.tv/bravi-realiza-assembleia-ordinaria-e-extraordinaria-no-dia-27-de-marco-em-sao-paulo/

 

 

Notícias relacionadas